Criar um Site Grátis Fantástico

Regras

Regras

O que é um RPG? 

A sigla RPG, em inglês, significa "Role-Playing Game." Consiste em um jogo de interpretação de personagens, onde você assume a forma de uma pessoa imaginária, que é dotada de características tanto físicas quanto mentais previamente definidas por você, e passa a interagir com outros personagens dentro de um determinado espaço. Fica inteiramente a cargo de sua imaginação definir como esse personagem será, contanto que esteja dentro das regras previamente definidas dentro da OGN.
        No caso do RPG de Hogwarts em particular, você assume a forma de um bruxo estudante que precisa ir para uma Escola de Magia para estudar e aprender sobre o mundo mágico e controlar os seus poderes. Isso significa que você ainda é inexperiente e precisa dedicar-se se quiser ser um grande bruxo um dia.

 

Interpretando um jovem bruxo

Você não é o Harry Potter. Você não é um bruxo gênio super-dotado que derrotou Comensais da Morte com seis anos de idade e nem é dotado de algum poder cósmico superior aos outros bruxos estudantes. Você é apenas uma criança normal, que recebeu uma carta para Hogwarts e agora vai estudar magia.
No rpg, é estritamente proibido elevar a sua condição humana e praticar atos desproporcionais à suas capacidades físicas e mentais. Caso algo do tipo ocorra, caso você "apele" na sua interpretação, os outros jogadores estarão aptos a te ignorar e você ainda correrá o risco de ser expulso do rpg. Aprenda a ter humildade.
Mas isso não significa que você precisa ser tapado e burro. Você pode perfeitamente interpretar um aluno dedicado, que erra como qualquer um, mas que continua tentando e estudando para melhorar. Isso fica à sua escolha. Crie uma história para o seu personagem! Ele é um nascido trouxa, um mestiço ou um sangue-puro? Ele gosta de Herbologia, Feitiços ou Defesa Contra as Artes das Trevas? Use a sua imaginação.
Ah, e vale lembrar que interpretar um aluno com dificuldades não o torna um rpgista pior. Muito pelo contrário: a Organização tende a admirar e privilegiar aqueles que destacam-se pelo seu senso e discernimento da realidade. Não tenha medo de mostrar as suas fraquezas! Você é humano como todos os outros. 

Senso 

O senso, como dito acima, é a capacidade do jogador de aceitar as suas condições humanas e interpretá-las da maneira mais próxima da realidade possível. Para ter senso, é necessário que você aja de acordo com as suas habilidades e não "apele". Uma criança de onze anos não sai por aí dando socos em alunos no primeiro dia de aula e nem desrespeitando professores descaradamente. Você pode ter a opinião que quiser e a personalidade que quiser, mas não deve nunca se exaltar. Pare e pense: "Eu faria isso na vida real? Alguma vez eu já vi alguém em condições semelhantes às minhas fazer tal coisa?"
Jogadores sem senso e ditos "apelões" são mal vistos por outros jogadores e pela Organização. A tendência natural é que sejam ignorados e acabem sozinhos e sem amigos no rpg. Não queira isso. 

Falas

Bruxos são pessoas normais, porém sofisticadas. Suas falas são cultas (uma linguagem usada antigamente), sua maneira de vestir é formal e logo seu modo de agir.
Em Hogwarts, você deve agir como um bruxo e deixar o mundo ''trouxa'' de lado. No RPG você deve mudar a sua maneira ''jovem'' de falar, usando agora uma linguagem semelhante a dos bruxos, evitando por exemplo o ''Internetês'' (uma prática utilizada por muitos usuários da Internet que consiste em ''escrever abreviadamente''). A partir de agora, evite escrever errado e use uma lingaguem culta.

Exemplo: - Olá senhor Leonard, como vai?

Dica: Algumas pessoas tem dificuldades em escrever corretamente, aconselhamos ler livros, é uma boa prática e ajudará bastante em seu desenvolvimento.

Sonserinos Apelões

Qualquer sonserino que surgir com tentativas homicidas ou com habilidades sobrenaturais achando que está fazendo cosplay do Lord, poderá ser ignorado. Facas, venenos, machados, torturas audaciosas e qualquer outro meio apelativo de violência para uma criança de 11 anos poderá ser ignorado.
        Mesmo assim, não ignore só porque algum sonserino te azarou. O ato de ignorar vale para os sonserinos com grave demonstração de crueldade, entre os 11 até os 13 anos de idade. Se você ignorar por nada, poderá também ser ignorado e acabar sendo banido do rpg. Pense bem antes de fazer qualquer coisa apelativa. 
       
Observação: Esta regra de punição não vale apenas para Sonserinos, mas para qualquer outro jogador de outra casa que tenha os mesmos fins apelativos. Apenas descrevemos os sonserinos porque são mais comuns. 

Tipos de Ações

        Os tipos de ações são das mais variadas espécies e estruturações, dando margem à criatividade do próprio jogador na montagem das ações. Dentro disso, há as ações belas e boas, que devem ser designadas à um tipo específico de ação, seja básicas ou de combate. Ter as ações belas e boas em mente é sempre bom para a visão da organização de você, jogador.

      Ações belas

        As descrições belas devem ser usadas para o decorrer do rpg, sem ser em duelos. São ações que descrevem exatamente o que seu personagem vai fazer. Não que você seja privado de utilizar as ações boas para realizar as mesmas coisas, mas sempre utilize ações belas para fazer as coisas que não sejam duelos ou combates físicos, principalmente em aulas. Exemplo de ação bela:

        Puxo uma cadeira no canto esquerdo da sala, arrastando-a pelo chão até perto do armário e, em seguida, subo nela, puxando uma caixa que está em cima do móvel
     Ações boas

     
 São descrições mais simples. Mais curta, usada em jogos rápidos como duelos. Ela normalmente é usada em duelos, já que num jogo normal pode até ficar feia. Na realidade, não tem local certo para usar essa descrição. Ela é sem dúvida usada para poupar tempo. Por exemplo:

       
*Pego uma caixa e te entrego*
        *Corre na direção de Fulano*

     
  Antes de mais nada, é preciso entender a diferença entre a estruturação das falas, das ações básicas e das ações de combate. Cada uma das diferentes regras baseia-se numa situação específica do jogo em que você se encontra, seja no Grande Salão devorando galinhas, no jardim dando uns amassos ou no Salão de Duelos travando um combate pela garota estimada em questão (sabe-se lá quem é). Estude-as e retenha esses fragmentos específicos para a compreensão dos momentos em que cada norma encaixa-se. Lembre-se que sempre que for realizar algum feitiço, é necessário formular a ação da retirada de sua varinha; quem não fizer isso poderá ser ignorado e, possivelmente, ganhar uma má fama no rpg.
     Ações Básicas

        Para fazer alguma ação, é obrigatório o uso de asteríscos nas extremidades de seu ato, para que outros jogadores saibam do que você está se referindo e fazendo, e também para organizar o rpg. Também é necessário de, pelo menos, três palavras numa ação. Ações com menos de três palavras devem ser ignoradas. Várias ações podem ser feitas e muitas lhe deixarão com mais brilho pelos olhos da organização quando feitas cautelosamente. Tanto no tratamento de plantas, cuidado com vestes, etc; quanto mais você descrever o que está fazendo, melhor será seu jogo, mais facilmente você será notado e mais cedo subirá. Alguns exemplos de ações básicas podem ser vistas a seguir:

           *Agaixa-se, apanhando o livro do chão*
        *Apanha a varinha de dentro das vestes*
        *Caminha na direção de Fulano, enquanto esboça um sorriso no rosto*
        - Você está linda! *Diz, corando levemente*

        Esse tipo de ações são para designar fazeres no rpg. Ações básicas são aquelas em que você realiza algum ato que não seja duelístico, que não utilize feitiços, ou seja, quando tem algum feitiço, não é ação básica, é uma ação de combate. Igualmente às ações de duelos físicos, como socos, chutes, pontapés (mesmo que bruxos evitem utilizar essas artimanhas trouxas).
Outras regras do RPG são encontradas no grupo do Profeta Diário, no Whatsapp!